Flamengo Olímpico II
Flamengo

Objetivo do projeto

O Projeto Flamengo Olímpico II, com duração de 13 meses, representa uma iniciativa do Clube de Regatas do Flamengo (CRF) e seus apoiadores, e tem como objetivo principal a promoção do desenvolvimento esportivo de alto rendimento aos atletas das equipes de basquete, vôlei, ginástica artística, judô, natação, nado sincronizado e polo aquático, através da oferta de condições de treinamento adequadas à formação esportiva. A execução do presente projeto torna-se de fundamental importância para a continuidade do trabalho que vem sendo desenvolvido e no resgate da tradição rubro-negra nos esportes olímpicos, tornando-os sólidos e autossustentáveis. Com esse objetivo, o Clube de Regatas do Flamengo estará participando ativamente da formação de novos talentos esportivos que representarão o país, além de contribuir para o desenvolvimento e fortalecimento das modalidades olímpicas no Brasil, especificamente no Rio de Janeiro, cidade que sediou os Jogos Olímpicos de 2016.

Dados de captação

Valor total do projeto: R$ 1.620.103,38
Valor captado até o momento: R$ 69.545,17
% captado: 4%
Saldo a captar: 1.550.558,21

Problema Social

Atualmente, a Vice-Presidência de Esportes Olímpicos do Clube de Regatas do Flamengo mantém um número de aproximadamente 600 atletas divididos em sete modalidades olímpicas, a saber: basquete, vôlei, judô, ginástica artística, natação, nado sincronizado e polo aquático. Muitos destes atletas, em treinamento e formação esportiva integral, compõem as seleções brasileiras em diversas categorias e modalidades. O Flamengo possui ampla história e tradição nas modalidades contempladas neste projeto, tendo formado diversos ídolos olímpicos oriundos destas modalidades. Mesmo nas categorias de base, muitos atletas do Flamengo já compõem algumas seleções brasileiras, representando o nosso país em grandes competições internacionais. O Clube de Regatas do Flamengo pretende dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo dos últimos anos, porém sabe-se que a formação de atletas é um processo custoso, essencialmente por três fatores: o longo prazo que o processo de formação consome, a necessidade de um extenso quadro de profissionais qualificados e as fontes de financiamento que, no tocante aos recursos privados, ficam prejudicadas por conta do direcionamento de grande parte dos investimentos às equipes de ponta, que já gozam de ampla visibilidade junto à mídia. Neste cenário, formar atletas é hoje um dos pontos mais críticos no processo de desenvolvimento esportivo nacional, influenciando diretamente a performance do país em grandes competições internacionais, especialmente nos Jogos Olímpicos.

Solução

Em se tratando de equipes e atletas de alto rendimento, entendemos que a condição ótima de desenvolvimento esportivo só será alcançada mediante o fornecimento de condições fundamentais aos atletas, tais como, a participação em eventos nacionais e internacionais, a manutenção e o complemento do seu corpo técnico, o intercâmbio esportivo, a aquisição de equipamentos e materiais específicos, o auxílio pecuniário aos atletas, bem como moradia e alimentação aos atletas maiores de idade não residentes no Rio de Janeiro. O projeto proporcionará a condição adequada para o desenvolvimento esportivo de cerca de 600 atletas em treinamentos e competições, bem como possibilitará ao Flamengo tornar-se uma instituição desportiva de alto rendimento que tenha sustentabilidade para o desenvolvimento do esporte de alto nível não de forma imediatista, mas de maneira continuada.

Metodologia

O projeto Flamengo Olímpico II será formado por nove núcleos de desenvolvimento esportivo. Cada modalidade esportiva beneficiada pelo projeto será representada por um núcleo, ou seja, as modalidades basquete, vôlei, ginástica artística, judô, natação, nado sincronizado e polo aquático serão divididas em sete núcleos. Além disso, o Clube de Regatas do Flamengo contará com profissionais da área de Ciências do Esporte que irão atuar em conjunto com os treinadores das modalidades esportivas envolvidas no projeto. Tais profissionais integrarão a equipe multidisciplinar que irá compor o núcleo intitulado CUIDAR Centro Unificado de Identificação e Desenvolvimento de Atletas de Rendimento. Também constará no projeto o núcleo gestor, responsável pela divulgação das atividades desenvolvidas pelo projeto. Para implementar o projeto e realizar as atividades necessárias ao alcance dos resultados esperados, os profissionais envolvidos definirão um ciclo de trabalho que integrará treinamento, avaliação e participação em diversas competições, garantindo aos atletas a vivência plena da rotina de rendimento esportivo, além de prepará-los em níveis excelentes para representar o Clube de Regatas do Flamengo e, futuramente, o país. O cronograma de execução detalhando as fases de implementação deste projeto, o quadro de horário dos profissionais, a programação das atividades previstas no projeto, além dos calendários de competição de cada modalidade encontram-se em anexo a este plano de trabalho. Devido à limitação do espaço para descrição do projeto, encaminhamos em anexo os itens "Adequação à Manifestação Desportiva" e "Delimitação e Especificação do Público Beneficiado".

Metas

Descrição da meta 1_Tri 2_Tri 3_Tri 4_Tri
CRF entre os 5 em 70% campeonatos 70 70 70 70
4 atletas em selecoes nacionais 4 4 4 4
6 atletas em seleções estaduais 6 6 6 6

600 beneficiados


50%

50%
Abrangência: Rio de Janeiro (RJ)

Beneficiados por faixa etária

Crianças: (17%)
Adolescentes: (67%)
Adultos: (17%)
Idosos: (0%)

Cronograma

Atividades Jan-2019 Jan-2020
Seleção dos Atletas
Definição do Plano de Trabalho
Treinamentos Básicos
Treinamento específicos
Competições

Apoiadores